MAS O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI???

Dê uma nota pare esse fotoblog | Adicionar aos meus favoritos

Enviar esta foto por email  Anterior Próxima  

"NÃO NOS CONTARAM..."

Hoje é o momento ideal pra falar de sacanagem.
Mas nada de ménage à trois, sexo selvagem e práticas perversas. Sinto muito.
Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente.

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer,
só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos.
Não nos contaram que amor não é acionado nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja,
e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.
Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um", duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava.
Não nos contaram que isso tem nome: anulação... Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto.
Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.
Não nos contaram que estas fórmulas nunca dão certo, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras opções.

Ah, nem contaram que ninguém vai contar. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz quando se apaixonar por alguém.




(Texto de Martha Medeiros, encontrado no perfil do Orkut do amigo Betto)


07/02/2008 Publicado por Euzer Lopes

Comentários

Olá amigo, seu blog está muito show. Acessei ele por causa do link que vc deixou na comunidade do "perca um livro", vim conferir o que vc tinha escrito sobre a campnha. O texto está de parabéns! E quanto a este, pelo que eu sei, é a letra de uma música do Jonh Lennon. Linda por sinal. Não me recordo o nome da música no momento.. mas fica o comentário. Um abraço Ju

12/02/2008 16:37 Juliana Gulka http://pensamentosloucosemteoriasretorcidas.blogspot.com/
Resposta:

Obrigado pela visita, e espero que continue visitando mesmo quando eu mudar de blog (está no ar, em caráter experimental, por enquanto). Adorei!

ah esses textos da Martha. sempre multifacetados...servem ao homem, servem às mulheres...rs gosto de algumas coisas que ela estampa tão bem. sentimentos nem sempre são simples ou fáceis de se identificar. na verdade, ninguém se conhece tanto, nem ao outro, o bastante. por isto estamos sempre mudando de opinião. revendo concepções sobre isto ou aquilo. acho muito comum essa briga, sabe? rs é que já entendi alguns sinais que a dona Vida me piscou. e um deles é palpável: aperte-se...belisque-se e responda sinceramente: o que te faz bem e feliz? se qq ser humano conseguir responder a esta perguntinha sem devaneios outros, vai entender sobre os sinais de que falo. no mais, é viver sim. e extasiar-se tanto quanto lhe caiba... beijos, Gordo.

08/02/2008 11:48 Val Freitas http://curvasconcretosquadris.blogspot.com
Resposta:

Nossa, é bem isso mesmo! Falou (escreveu) tudo. A vida nos dá sinais! Falta, muitas vezes, maturidade para compreender sua existência e ainda por cima interpretá-los. Mas a gente aprende. Isso se chama CRESCIMENTO!

Dizem muito, mas na real a coisa é bem diferente... Esse negocio de "sempre há um chinelo velho pra um pé torto" é conto de fadas... Acredito no amor e acho que é o sentimento mais nobre, mais bonito e mais gostoso. O duro é vc achar alguém que sinta por vc o mesmo q vc sente por ela... E haja dificuldade.. A pessoa perfeita não existe, claro, mas achar o par perfeito é uma das tarefas mais ingratas e que têm a melhor recompensa, qdo vc encontra, mas até lá, como mostra a foto, é uma longa e dificil caminhada solitaria. Isso ninguém avisa. As decepções, as desilusões pelo caminho são obstaculos q as vezes desanimam, dá vontade de parar. Vc pensa: mas que porra, por que só comigo? Mas ai passa aquela pessoa, ou vc recebe aquela ligação, aquele e-mail, e o amor fala mais alto de novo, e ai a caminhada recomeça, com as esperanças renovadas, e nos sentimos prontos pra caminhar pelo solo quente, mesmo q descalço e a caminhada seja longa... Tudo por que o amor é o que há de melhor.

08/02/2008 06:51 Jornalista Azarado http://jornalistazarado.blog.terra.com.br
Resposta:

O pior é quando você gosta de quem não gosta de você, ou alguém gosta de você e você não gosta dele/a. É quase como a "Quadrilha", do Carlos Drummond de Andrade - que eu já escrevi neste blog no fim do ano passado!

Ainda bem que não sou do tipo que acredita em tudo o que dizem. Mas uma coisa é verdade, quando amamos e somos amados, nos sentimos mais completos. Será que estou enganado quanto a isso? Eu pelo menos sinto que um novo amor preenche um vazio que supostamente havia dentro de mim. Tem gente que vive sonhando encontrar a fórmula do amor, achando que é um objeto de estudo. Eu vejo o amor como um ser vivo, daqueles que precisam de carinho, atenção e responsabilidade, pra que ele permaneça vivo e feliz. Bom texto esse, Euzer. Boas colocações de Martha Medeiros. Por acaso é aquela colunista d'O Globo?

07/02/2008 22:18 Marco Antonio http://www.marco-brasil.blogspot.com/
Resposta:

Esse texto eu posso dizer que é a pintura da obra que fiz em minha vida. Uma verdadeira reforma, depois de um furacão devastou parte de minha alma, meu orgulho e levou muita coisa boa de mim no ano passado. Repensei minha vida, derrubei tudo que havia sobrado em pé e reconstruí tudo, com novos valores - que na verdade são estes mesmos que estão no texto, e que existiam sim, dentro de mim, só que eu não os usava... Não dava valor a esses valores (antagônico). Pois foi só eu erguer as paredes, que enxergaram que ali seria uma casa "habitável". E logo de cara quiseram morar nela. E há seis meses posso dizer que estou vivendo uma linda história de amor! Que está, de fato, valendo a pena! E como está...

Comente esta foto

Nome *

Site/Blog

Comentário

Caracteres restantes: 1000

Últimas Fotos


+ fotos

Perfil




BRASIL, SAO PAULO, BAURU, PARQUE RESIDENCIAL DAS CAMELIAS, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish, Arte e cultura, Games e brinquedos, Sexo
MSN -

busca Busca na Web

Favoritos


+ favoritos

Humor


O que é isto?

Veja esse fotoblog no celular

contador